“A mais importante de todas as obras é o exemplo da própria vida.”
Helena Blavatsky

No último domingo tive o privilégio de assistir o monólogo teatral “Helena Blavatsky, a voz do silêncio”, uma magnífica peça inspirada na trajetória e obra da escritora russa.

Acredito que nada é por acaso e a obra veio complementar as recentes reflexões sobre a minha genuína verdade.

Conhecer sua mais alta verdade significa ir muito além das esferas da identidade, personalidade e auto imagem, pois está relacionado com a legitimidade do seu ser.

Ao despir-se de todas as expectativas, suas e das outras pessoas, você passa a ser verdadeiro com você mesmo, possibilitando o reconhecimento da centelha divina que habita em você, trazendo para sua vida mais leveza, confiança e auto amor.

E você, tem refletido sobre sua genuína verdade?

Andréa Silveira
Últimos posts por Andréa Silveira (exibir todos)
× Como posso te ajudar?